ka(os)

Ascenda!

Cansado da mesmice, da banalidade, ascenda!

Pois eu, pequena, repleta de(a) humanidade, acaricio a realidade, domando-a, torcendo-a, para que torne-se meu velho e conhecido caos.

Aqui estou na minha velha estrada de tijolos amarelos, e seu caminho agora, é reto.

Conheço cada passo que tenho que dar, e meu caos domado será triunfante!

Você, em sua confusão perfeita, partilhará do meu ka(os)?

Não! Nao há mais espaço; o que era inteiro, tornou-se supremo, e onde haviam dois, agora há nenhum.

Torço, agora, a realidade mais uma vez, e celebro o vento e a roda!

Ah, a abençoada roda, que traz as doces maldições do passado.

Celebremos a renovação.

E que venha o todo e o redundante resto da vida!

Anúncios

~ por Mari em 8 de outubro de 2008.

2 Respostas to “ka(os)”

  1. Se parece muito com você todos os personagens que você cria em cada conto.

  2. Então…isso não era um conto, era algo perto de um desabafo. E ainda por cima, tem três personagens. Quem me conhece sabe do que eu estou falando. Então, lógico, um dos personagens sou eu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: